(011) 4990-0366 / 4990-0168

info@apmsantoandre.org.br

Cremesp oferece 20 bolsas a médicos residentes

Médicos residentes interessados em participar do processo seletivo do Programa de Bolsas em Ética e Bioética do Cremesp têm apenas mais alguns dias para inscreverem seus projetos

Segunda, 08 de abril de 2019


Médicos residentes interessados em participar do processo seletivo do Programa de Bolsas em Ética e Bioética do Cremesp têm apenas mais alguns dias para inscreverem seus projetos. Conforme edital publicado em fevereiro no Diário Oficial do Estado, o prazo se encerra no dia15 de abril de 2019.

Ao todo 20 bolsas serão concedidas, pelo prazo de 12 meses, a médicos que estejam realizando Residência Médica em instituição situada no estado de São Paulo, com programa credenciado na Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

Os projetos deverão ser padronizados na metodologia Vancouver ou ABNT e ser entregues pessoalmente no Centro de Bioética (sede do Cremesp) ou em qualquer uma das Delegacias Regionais e Metropolitanas do Conselho, no período comercial, dentro da data limite para inscrição.

Podem ainda ser enviados pelo correio para "Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) – Centro de Bioética – à Rua Frei Caneca, 1282, 1º Andar, Consolação, São Paulo/SP - CEP 01307-002", valendo como “data limite” para inscrição a relativa à postagem. Em qualquer situação é necessário que sejam acompanhados da documentação pertinente.

Critérios
Coordenado pelo Centro de Bioética, o programa objetiva contribuir com o aprimoramento do conhecimento em Ética e Bioética nas faculdades de Medicina. Contam como critérios para seleção dos trabalhos, entre outros, originalidade, integração e definição dos objetivos e relevância das pesquisas.

O valor mensal das bolsas para o período de 2019-2020 será de R$ 2.043, seguindo a tabela de valores para concessão de bolsa de Mestrado I da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Para ter uma noção sobre os temas já abordados, confira as listas de trabalhos contemplados anteriormente, em 2016, e 2018.

É permitido ser “orientador” qualquer médico regularmente inscrito no Cremesp – não é necessário que seja professor de ética, bioética ou professor universitário, nem, necessariamente, ser da mesma instituição do concorrente à bolsa – porém, não pode ser conselheiro ou delegado do Cremesp. Em tempo: os médicos residentes a participarem do processo não podem ser familiares de Conselheiros e Delegados até 3² grau.

Para dúvidas ou mais informações: cbio@cremesp.org.br

 

« voltar