(011) 4990-0366 / 4990-0168

info@apmsantoandre.org.br

Prática indevida fere diversas disposições éticas médicas

Quinta, 19 de novembro de 2020


A Associação Paulista de Medicina, por meio de seu Departamento de Defesa Profissional, tomou conhecimento de matéria veiculada no endereço eletrônico https://medicinasa.com.br/mapfre-casas-bahia-telemedicina/ de oferta pela Casas Bahia aos seus clientes do seguro de vida da Mapfre - denominado “Vida Protegida e Premiada”, com apelo comercial destacando serviços gratuitos de Telemedicina e garantindo desconto de até 70% em exames e consultas médicas e odontológicas, além de descontos em farmácias credenciadas.

Tal prática fere diversas disposições éticas médicas, além de conter fortes indícios de violações de regras regulatórias, consumeristas e até publicitárias.

Médicos, dentistas e farmacêuticos envolvidos neste anúncio não devem aceitar a banalização e a mercantilização de suas atividades profissionais, assim como os consumidores não devem ser ludibriados por armadilhas comerciais.

Repudiamos com veemência tal prática e notificamos:

  • Os órgãos fiscalizadores das atividades profissionais citadas, os conselhos profissionais de médicos, dentistas e farmacêuticos, para apurar os fatos e investigar os envolvidos;
  • A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para verificar a regularidade do registro e fiscalizar a oferta desse seguro vida, que agrega serviços médicos e odontológicos, além de descontos em farmácias;
  • O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), para apurar se a propaganda contém publicidade enganosa ou abusiva;
  • O Ministério Público do Estado de São Paulo do Consumidor, para atuar em defesa dos interesses coletivos dos consumidores assediados por esse tipo de propaganda.

Com esse alerta e tais providências, exercemos uma atuação efetiva no combate a abusos contra a classe médica e a população.

Para mais informações, entre em contato com a Defesa Profissional da APM: (11) 3188-4207 | defesa@apm.org.br.

Por: APM (texto e imagem)

 

« voltar